domingo, outubro 15, 2006

São João - 6 Alcaria - 3



O Centro Social de São João voltou a vencer na 3ª Divisão Nacional, continuando a pertencer ao grupo restrito de equipas só com vitórias. Num jogo que começou e acabou tremido, valeu a maior qualidade técnica e táctica dos jogadores caseiros, que demonstraram mais uma vez uma enorme união em busca de um único objectivo: a vitória.
No Pavilhão do Centro Social de São João, perante cerca de 100 espectadores, a equipa alinhou com:

Cinco Inicial: João Simões, Geninho(2),Rafa,Rúben(2) e Vitó.
Suplentes utilizados: Jardel(1),Bruno Guardado (cap.)(1),José Bandeira e Paulo Rodrigues;
Não utilizados: Hugo Marques, Paulo Silva e João Teixeira;

Marcha do Marcador: 0-1,1-1(Geninho),2-1(Jardel),3-1(Rúben) INTERVALO 4-1(Rúben),5-1(Geninho),5-2,5-3,6-3(Bruno Guardado);

O ínicio de jogo foi complicado para a equipa do São João, que a jogar contra o sol que reflectia na superfície de jogo e com alguma desconcentração e lentidão, permitiu ao Alcaria que tomasse conta do jogo e criasse imensas oportunidades de golo, acabando mesmo por o conseguir com o remate forte e colocado. Com este golo o alarme tocou e a equipa começou finalmente a impor o seu futsal. Com dois golos algo felizes virou o resultado, o primeiro num remate de Geninho que desviou num defesa, e depois num canto trabalhado em que Jardel rematou quase de linha de fundo e o Guarda-redes do Alcaria deu uma preciosa ajuda. Até ao intervalo existiram oportunidades para ambos os lados mas acabou por ser Rúben, a um segundo do intervalo, a fazer o terceiro, num contra-ataque rápido.

No segundo tempo entrámos decididos a não deixar fugir os 3 pontos e os golos de Rúben e Geninho provam isso mesmo, em jogadas de bom futsal que deixaram a defesa do Alcaria à beira de um ataque de nervos. Nervos esses que acabaram por se estender também a alguns jogadores do São João, que perante uma arbitragem com um critério muito apertado, acabaram por cometer 8 faltas no segundo tempo. Numa dessas faltas, Paulo Rodrigues vê o amarelo por protestos e já no banco vê o segundo e é expulso.O Alcaria aproveitou os 3 livres de 10 metros que dispôs para reduzir o marcador, falhando apenas o primeiro. Arlindo Matos pediu um minuto de desconto e o São João regressou mais concentrado, sem cometer faltas e defendendo muito bem o 5x4 do adversário, fechando o marcador com o melhor golo da tarde, Bruno Guardado recupera a bola na sua grande área e sem preparação dispara de pé esquerdo fazendo um chapéu fantástico ao improvisado guarda-redes do Alcaria.
Até ao final nada mais houve a registar e o jogo terminou com mais uma grande ovação aos jogadores da casa, ficando demonstrado que os adeptos do futsal conimbricense estão a gostar deste novo São João, que para além de vitórias, apresenta também um futsal bastante atraente.
Agora o São João tem pela frente uma dupla jornada forasteira, deslocando-se à Guarda no próximo Sábado para defrontar o Pinheiro e defrontando o também invicto Viseu Futsal 2001 no feriado de 1 de Novembro. FORÇA EQUIPA!!!!!!

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

ninguem te "liga" ó joão, pena foi os 3 golitos senão... que bem que sabia a 6.ª feira

terça-feira, outubro 17, 2006 5:43:00 da manhã  

Publicar um comentário

<< Home