domingo, novembro 26, 2006

Venceu a experiência!!!!!



O São João recebeu o Beira-Mar, 3º classificado, e não conseguiu manter a invencibilidade caseira no campeonato, somando a 5ª jornada consecutiva sem vencer.

No pavilhão do Centro Social de São João, com uma dupla de arbitragem de Viseu, a nossa equipa alinhou com:

Cinco Inicial: João Simões, Pichel, Geninho, Rúben (1) e Nélson;
Suplentes: Hugo Marques, Bruno Guardado (2), Paulo Silva, José Bandeira, Jardel e Rafa;

Marcha do Marcador: 1-0 (Rúben), 1-1, 1-2 INTERVALO 2-2 (Bruno), 3-2 (ag), 4-2 (Bruno), 4-3, 4-4 e 4-5;

O jogo na primeira parte foi de mútuo estudo, com maior domínio e posse de bola do São João. Mais uma vez a finalização foi o principal tendão de Aquiles da equipa de Pé de Cão, que apesar de ter inaugurado o marcador por Rúben nunca conseguiu ganhar uma vantagem tranquilizadora, acabando por sair a perder para o intervalo. Primeiro com um golo fruto de uma falta de cobertura defensiva e depois com um livre de 10 metros, castigando pela primeira vez o excessivo número de faltas da nossa equipa, factor que viria a ser determinante no desfecho final do encontro.
Ao intervalo o mister Arlindo corrigiu algumas coisas e alertou a equipa para o excesso de faltas e o São João parecia embalado para a vitória, virando o jogo para 4-2 em pouco mais de 8 minutos. Bruno Guardado com 2 golos e um auto-golo incrível do guarda-redes forasteiro pareciam resolver o jogo para o São João. Nada mais enganador. Mais uma vez a nossa equipa atingiu a 5 falta muito cedo e o Beira-Mar começou a acreditar que podia dar a volta ao jogo. O São João apostava no contra-ataque e por várias vezes o guarda-redes do Beira-Mar negou o 5º golo aos nossos jogadores, redimindo-se assim dos erros cometidos no 3º e 4º golos caseiros, embora neste último tenha ficado a ideia de ter sido carregado por Geninho. A cerca de 8 minutos para o fim, de um livre à entrada da área surge o momento de viragem no encontro. O remate do capitão aveirense é defendido em cima da linha de golo com a mão por Bruno Guardado, penalti e cartão vermelho para o nosso capitão. Na transformação do castigo máximo João Simões não conseguiu repetir a defesa da semana anterior e o Beira-Mar reduziu. O jogo entrou numa fase louca em que o golo poderia ter surgido para qualquer uma das equipas, acabando por ser mais feliz o Beira-Mar, que aproveitando uma perda de bola fez o 4-4. Foi então que a dupla de arbitragem decidiu compensar o Beira-Mar pelo erro cometido a nosso favor no 4 golo, e assinalou um livre de 10 metros mesmo no limite da área, daí resultou o último golo da partida. Até ao final o São João arriscou tudo no quinto homem de campo e não faltaram oportunidades para dar a volta ao marcador, mas mais uma vez a sorte e a pontaria nada quiseram com a nossa equipa.
Em suma, uma derrota infeliz e algo ingénua, venceu a equipa mais experiente e que aproveitou bem as bolas paradas para fazer a diferença. A dupla de arbitragem errou para ambos os lados mas nunca é boa ideia errar uma vez e depois ir tentar corrigir o erro com outro erro, acabando por errar ainda mais. Má arbitragem que prejudicou o espectáculo.
Na próxima semana o São João desloca-se à Figueira da Foz para defrontar o CRI Alhadense, num jogo muito importante, precisamos rapidamente de regressar às vitórias, FORÇA EQUIPA!!!!!!

3 Comments:

Blogger cidinhu7 said...

ai precisam precisam... e rápido. mas vamos conseguir!

domingo, novembro 26, 2006 5:11:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

a esperança e sempre a ultima a morrer, força S:Joao, sei que voces conseguem, e
vamos todos estar ao vosso lado.

cump.

A.M

domingo, novembro 26, 2006 11:17:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Caro João, gostei imenso do teu blog. Tás lá!
Abraço amigo do João da Guarda
P.S. Espero que um dia possas voltar a jogar com o Lameirinhas. Este ano vamos para a primeira..

quinta-feira, dezembro 14, 2006 12:38:00 da tarde  

Publicar um comentário

<< Home