sábado, abril 12, 2008

Rei dos empates mora em Pé-de-Cão!!!!

De facto empatar é melhor que perder, mas esta máxima pouco tem servido para animar as nossas hostes. O São João voltou a empatar (5-5) num jogo em que podia perfeitamente ter vencido, mas onde acabou por estar mais perto da derrota do que de qualquer outro resultado.


No Pavilhão do Centro Social de São João, a nossa equipa alinhou com:

Cinco Inicial: João Simões (1), Nélson, Vitó, Zé João (2) e Jardel (1) (cap.);
Suplentes: Rafa II, Pichel (1), Vasco, Daniel, Jorge Campizes, Rafa e Carlitos.

Marcador:
0-1, 1-1 (Zé João), 2-1 (Zé João), 2-2, 3-2 (Pichel), Intervalo, 3-3, 3-4, 3-5, 4-5 (Jardel) e 5-5 (João Simões);

O início do jogo foi muito táctico, sem grandes oportunidades de golo. Num lance em que Vitó vai à linha de fundo cruzar, o Covão do Lobo sai em contra-ataque e aproveita a superioridade numérica para inaugurar o marcador. O São João não desanimou e foi dos pés de Zé João que saiu a reviravolta com dois excelentes remates, contando com a ajuda do guarda-redes visitante no primeiro. Na frente do marcador a nossa equipa voltou a recuar em demasia, também empurrada pela turma visitante, que acabou por chegar ao empate num lance de bola parada. Ambas as equipas atingiram a quinta falta e dispuseram de um livre de 10 metros mas aí o São João levou vantagem, Pichel converteu o 3-2 e pouco depois João Simões negou o empate. Ao intervalo a vantagem era justa.
No segundo tempo voltámos a entrar mal, demasiado adormecidos e com pouca sorte. O empate surge num ressalto de bola feliz, e as oportunidades de golos criadas esbarraram no poste ou no guarda-redes visitante. O jogo caminhava para o seu fim e estava na hora das decisões. A equipa do distrito de Aveiro não aproveitou a superioridade numérica após a expulsão de Zé João, mas já com as equipas em igualdade numérica e em mais um contra-ataque o Covão do Lobo coloca-se na frente do marcador. Pouco depois aproveita uma perda de bola e faz o 3-5. O São João parecia destinado a perder mais um jogo em casa mas a 3 minutos e meio do fim arriscou no 5x4. Depois de Vasco e Jardel terem ameaçado encurtar distâncias, foi mesmo o capitão a fazer o 5-4 à meia volta. A dupla de arbitragem ainda “arranjou” dois livres de 10 metros para os visitantes que no entanto voltaram a ser defendidos. Quando já poucos acreditavam, a 13 segundos do fim, João Simões respondeu da melhor forma à assistência de Rafa e atirou para a baliza. O 5-5 foi o resultado justo, duas boas equipas que mereciam melhor arbitragem. O São João foi penalizado mais uma vez por aquilo onde costumava ser mais forte, a consistência defensiva, mas também a sorte não esteve no nosso lado. FORÇA EQUIPA!!!!!

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Olho para esta convocatória e já quase não conheço ninguém...
Parece-me uma remodelação muito repentina, e a ver pelos resultado não muito positiva.
Abraço e boa sorte

sábado, abril 12, 2008 11:26:00 da tarde  

Publicar um comentário

<< Home