sábado, novembro 29, 2008

Taça Portugal: Barranha 4 CS S.João - 2

A equipa do Centro Social de São João saiu de forma inglória da Taça de Portugal, perdendo por 4-2 no terreno do Barranha após prolongamento. Num jogo em que a vitória esteve sempre bem mais perto.

No Pavilhão da Senhora da Hora em Matosinhos, a nossa equipa alinhou com:

Cinco Inicial: João Simões, Rafa, Jardel (cap.), Geninho e Tomé (1);
Suplentes: Rafa Batista, Rúben (1), Deco, Daniel, Gustavo, Nélson e Vitó;

Marcador: 0-0 (intervalo), 0-1 (Rúben), 1-1, 1-2 (Tomé), 2-2, Final, 3-2 (2ª parte prolongamento) e 4-2;

A primeira parte do encontro só teve um sentido, a da baliza do Barranha. O São João entrou forte e decidido a resolver a eliminatória mas a falta de pontaria e alguma precipitação negaram esses intentos. O 0-0 ao intervalo era lisonjeiro para o Barranha.
No segundo tempo a nossa equipa cedo se viu limitada por alguns cartões amarelos algo exagerados mas mesmo assim conseguiu chegar ao golo por Rúben. O 0-2 por várias vezes poderia ter surgido mas acabou por ser o Barranha a empatar, o árbitro foi carregando a nossa equipa com faltas e o empate surgiu da marca dos 10 metros, num lance em que Rúben viu um amarelo quando nem sequer foi o jogador que cometeu a falta. O jogo caminhava rapidamente para o final e Tomé a 13 segundos do fim assinou o golo que parecia carimbar a nossa passagem. Puro engano… na resposta o Barranha rouba uma bola e consegue empatar a 2 segundos do fim… íamos para prolongamento. Mas não satisfeitos, a dupla de Braga decide em dois segundos ser protagonista mais uma vez e consegue não assinalar uma falta sobre Rúben e ainda mostrar o segundo amarelo ao jogador por pretensa simulação, já depois do sinal sonoro.
O São João iniciou o prolongamento com 4 jogadores apenas mas conseguiu não sofrer golos. Logo após ter entrado, Daniel teve nos pés o golo mas atirou para fora… também Jardel desperdiçou boa oportunidade para marcar. E como quem não marca sofre, o Barranha foi mais feliz e a 3 minutos do fim do prolongamento marcou o 3-2. O São João arriscou o 5x4 já dentro do último minuto e o guarda-redes da casa aproveitou para silenciar o encontro e estabelecer o 4-2 final.
Derrota que penaliza em demasia os nossos erros mas a dupla bracarense limitou e muito a nossa exibição… Agora a concentração está a 100% no campeonato com a deslocação a Tabuaço já no próximo Domingo!!!!!

3 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Quem ler esta crónica fica com a sensação que o São João massacrou, o que não é verdade. Efectivamente a 1ª parte foi a melhor do S.João e poderia ter marcado, bem como o Barranha. Quanto à 2ª parte o Barranha pressionou mais e o S.João limitou-se a contra atacar, ainda antes do golo o Barranha poderia ter marcado e após o 0-1 o Barranha mandou bolas ao poste e apareceram isolados perante a excelente exibição do GR S.João. A haver um vencedor no tempo regulamentar seria o Barranha. Quanto a amarelos e faltas, ambos chegaram às 5 faltas e a 6ª do S.João é clara(outras poderiam ser assinaladas) e aos cartões o Barranha teve 5 e o S.João 6, o duplo ao Ruben é por simulação grosseira de falta dele. Quanto ao silienciar o encontro, foi o Barranha que SETENCIOU a partida. Felicidades para o CN.

sábado, novembro 29, 2008 10:56:00 da tarde  
Blogger João Simões said...

cada um tem a sua visão e opinião do jogo e é normal que estejamos em desacordo em várias coisas. Obrigado pela tua opiniao. Felidades tb...

domingo, novembro 30, 2008 3:28:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

juvenis
2-2
cris e joao Freitas

segunda-feira, dezembro 01, 2008 4:56:00 da manhã  

Publicar um comentário

<< Home