terça-feira, junho 29, 2010

Final de Juniores não se vai realizar!!!!!

Como terão reparado não apareceu qualquer informação neste blog sobre a final da Taça Nacional de Juniores que se devia ter disputado no passado dia 27 e onde o São João já havia garantido a presença… motivo… o jogo não se disputou.
Se na meia-final entre o São João e o Maia Clube Açores tudo decorreu com normalidade e o São João venceu as duas partidas, já na outra meia-final, após a vitória em Lisboa do Sporting por 9-7 sobre o Freixieiro, na segunda mão em Matosinhos as coisas não correram nada bem. A dois minutos do fim, com o Freixieiro a perder por 5-6, um adepto do clube da casa invadiu o campo e agrediu o árbitro conimbricense Nuno Bogalho, que por falta de condições deu o encontro por terminado. A Federação, demasiado preocupada e centrada no Campeonato do Mundo de Futebol, nada decidiu a não ser instaurar um inquérito e deixar expirar o prazo para a realização de jogos oficiais (fim de Junho). Resultado final, não vai haver final, Sporting ou Freixieiro e São João perdem assim uma oportunidade única para jogar uma final, para muitos dos jogadores não haverá outra…
É mais uma decisão que em nada favorece a formação de jovens e que vem de encontro ao que se tem passado na Associação de Futebol de Coimbra… afinal já entendo de onde vem as asneiras que se passam em Coimbra, é com base nas que são cometidas no organismo máximo responsável pelo futsal.
São João e Sporting encontram-se agora unidos contra esta decisão e deverá mesmo disputar-se um jogo amigável entre os dois clubes, que será a final que estes miúdos conquistaram com direito próprio e muito sacrifício.

1 Comments:

Anonymous Artur Delfim said...

Os dirigentes federativos e associativos são autenticos mentcaptos. É uma vergonha tamanha desconsideração pelos clubes e os seus jovens atletas. Acho que os dois clubes apurados para a final, deveriam levar este caso até às mais altas instancias judiciais desportivas e civis.
Eu vi ao vivo o que se passou e as imagens estão na net, portanto não sei bem o que a FPF tem para decidir. A não ser, como já ouvi dizer, (mas não sei se é verdade) que o árbitro não menciomou no relatório as agressões de que foi vitima!...que teria mencionado apenas a invasão de campo, o que tornava tudo ainda mais escandaloso...
Seja como for tudo isto é mau demais para o desporto e a modalidade.
Um abraço solidário para todos os atletas.

quinta-feira, julho 01, 2010 4:23:00 da manhã  

Publicar um comentário

<< Home